Arquivo da categoria: XNA

Street Fighter: Ryu x Ken em XNA, primeiros passos

Dei meus primeiros passos na minha versão XNA do Street Fighter. Por enquanto a missão é colocar os personagens Ryu e Ken p/ lutarem ( quem sabe não expando para os outros personagens também 🙂 ). Implementei 4 (quatro) “chutões” do Ryu e a posição de descanso do mesmo (gingando), definindo assim a arquitetura geral do game. Ainda falta outros golpes (hadouken!) e definir como dar um comportamento inteligente ao oponente do lutador controlado pelo jogador.

Código fonte:

http://github.com/lucassimao/XNA-Street-Fighter

Alguns screenshots:

foto4

foto4

foto4

foto4

Anúncios

8 Comentários

Arquivado em desenvolvimento, Games, Xbox 360, XNA

Diminuindo a impaciência com XNA

Ultimamente venho lendo muitos livros e artigos sobre computação gráfica, física, algoritmos, OpenGL, álgebra linear e cálculo para aprimorar meu TCC e meu gosto pessoal por computação gráfica. Não é por nada não, mas me dá uma baita impaciência durante todo esse longo processo de abstração conceitual e não ter nada de prático, concreto – código – para fazer.

Resolvi então aplicar o que ia aprendendo em código: Durante minhas revisões sobre manipulação de matrizes e vetores, ao invés de ficar tomando notas do que lia resolvi escrever algumas operações como soma, subtração, produto, inversa e determinantes de matrizes quadradas ( utilizando cofatores ) em ruby e aprender ao mesmo tempo sobre o framework de testes unitários da linguagem confirmando alguns teoremas, tipo: “A transposta da transposta de uma matriz é ela mesma, o determinante de uma matriz e de sua transposta são iguais”.

Para saciar minha sede por aplicações, resolvi procurar por alguma ferramenta bem rápida para desenvolvimento de Games. Já tinha visto a Unity mas escolhi a plataforma XNA da Microsoft, embora a primeira tenha um ambiente de desenvolvimento muito bom também, seja compatível com várias linguagens e seja capaz de gerar uma versão do seu game para WEB. Já no XNA, achei interessante a forma como as particularidades do DirectX são encapsuladas e abstraídas. Você pode desenvolver com C# desde ridículas animações de sprites que eu venho fazendo (pacência, ainda estou terminando a parte de games 2D do livro Learning XNA 3.0)  até jogos 3D com qualidade de profissional.

Outra coisa massa do XNA é a versão à lá Microsoft do lema da plataforma Java: Write once, run anywhere. Desenvolvendo em XNA, você desenvolve para a plataforma .NET. Por consequencia, qualquer dispositivo que for .NET enabled está apto a executar seu código: Xbox 360. Resumindo você desenvolve em C# no seu PC e com mínimas alterações (tipo, um game no PC utiliza mouse e teclado, um Xbox 360 não tem mouse) você envia para seu Xbox seu game facilmente. Além disso, como um desenvolvedor solitário, você tem a oportunidade de vender seus games na rede Xbox live onde milhares de Xboxers competem e ganhar dinheiro fazendo o que gosta. Escolhi então XNA para saciar minha impacência.

Deixe um comentário

Arquivado em Computação Gráfica, Games, TCC, Xbox 360, XNA