Arquivo da tag: wxWidgets

Usando QT no meu TCC

Eu acho que isso é digno de nota. Eu estou desenvolvendo o protótipo do meu trabalho de conclusão de curso usando a biblioteca QT, da Trolltech (Atualmente é a Nokia, a responsável pela biblioteca) . A aplicação implementa algumas rotinas estereológicas para determinação de parâmetros tridimensionais básicos (área de superfície, volume, perímetro … ) sobre corpos rígidos em uma simulação 3D em GPU. Antes, a GUI da aplicação era baseado no WxWidgets, mas depois de desenvolver boa parte da aplicação (tanto a GUI quanto a própria “estereologia”) utilizando a dita cuja, eu percebi algumas coisas não muito legais no estilo da biblioteca.  O código não é tão limpo assim, inteligível, é cheio de macros e a OO passou foi longe …. Também não me agradei do suporte à OpenGL, pois não consegui modular meu código de forma adequanda à separar códigos específicos da própria API OpenGL de algumas chamadas necessárias à API do WxWidgets p/, por exemplo,  carregar o contexto do dispositivo OpenGL e assim direcionar todos os comandos gl* e glu* p/ o buffer de visualização …  Isso definitivivamente me afastou de WxWidgets ….. Ah … tem a documentação tb que é uma mer&¨%$#@!

Procurando uma solução topei com a Qt, OpenSource (com algumas diferenças quanto ao licenciamento em relação à WxWidgets) e posso garantir a veracidade do slogan da biblioteca: Code less, Create More, Deploy everywhere! É verdade, e gostei muito do design da própria biblioteca, totalmente OO ! É tão OO que os caras desenvolveram um, digamos, fake-Runtime para reflexão em C++.

Qt abandona a abordagem orientada à #defines do WxWidgets e cerca o desenvolvimento com várias ferramentas auxiliares( Geradores de MakeFiles, projetos p/ VS2008, GUI Builder). A documentação da Qt é enorme, muito bem organizada, clara e vários exemplos atualizados estão disponíveis com código-fonte. A única coisa que não me agradou foi que a atual distribuição do SDK pré-compilado é somente para o MinGW (questões de licenciamento), embora facilmente ( e demoradamente ) você pode gerar as *.lib para o compilador C++ do Visual Studio pois há makefiles para vários compiladores (vários mesmo) junto com o código-fonte do SDK …. Code less, Create More, Deploy everywhere

Deixe um comentário

Arquivado em C++, QT, TCC, Trolltech